Windows veloz é fundamental!

Você quer ser muito mais rápido, eficiente e ter mais produtividade nas suas atividades no computador? Se a resposta é afirmativa, então você precisa de um sistema operacional o mais veloz possível! Hoje inicio uma série sem fim de artigos, cujo objetivo principal é mostrar métodos e estratégias para AUMENTAR A VELOCIDADE DO WINDOWS.

Este é o sistema com o qual eu lido desde os meses finais de 1997, quando comecei minhas atividades no mundo da informática, ou no universo da informática, para ser mais exato. Porque digo uma série SEM FIM de artigos? É porque o Windows é um sistema que evolui todos os dias, graças ao trabalho da fantástica equipe da Microsoft, e a participação de milhões ou bilhões de usuários em todo o mundo. A habilidade e competência da equipe da Microsoft, somada à experiência dos usuários, resulta em um sistema operacional cada vez mais perfeito e fantástico! Além de fantástico, o Windows é também BASTANTE complexo! Um universo de possibilidades se abre desde o momento em que o Windows é iniciado. Além do que vemos na área de trabalho, nas entranhas do Windows se esconde uma infinidade de recursos e opções. Somente aqueles que se dão o trabalho de pesquisar e buscar o conhecimento, podem usufruir na plenitude daquilo que o Windows oferece. E o Windows oferece mais, muito, muito mais, do que a imensa maioria imagina... Vamos começar com duas dicas básicas, mas antes informo que no momento em que escrevo este artigo (em 1º de setembro de 2016), estou usando o Windows 10. A maioria dos métodos que veremos (mas não todos) se aplicam a outras versões do Windows, em especial o 7.

Janela Efeitos Visuais do Windows

1. Desative a maioria dos EFEITOS VISUAIS. São animações, sombras e transparências aplicados em janelas e menus do Windows, com objetivos decorativos apenas, e que são perfeitamente descartáveis. Apenas com este ajuste você já verificará uma melhoria bem grande no desempenho do sistema! Proceda da seguinte forma: digite SYSDM.CPL no menu Iniciar para abrir a janela PROPRIEDADES DO SISTEMA. Clique na aba AVANÇADO e em seguida no botão CONFIGURAÇÕES que aparece na área DESEMPENHO. Isto faz abrir a janela OPÇÕES DE DESEMPENHO, onde você deve clicar em PERSONALIZAR. Aqui deve-se marcar as opções desejadas, e desmarcar os efeitos os quais não se deseja utilizar. Usualmente eu mantenho marcadas somente as caixas MOSTRAR MINIATURAS EM VEZ DE ÍCONES, e USAR FONTES DE TELA COM CANTOS ARREDONDADOS, uma opção importante para quem usa telas de led ou LCD, ou seja, a vasta maioria dos usuários hoje em dia. Esta configuração desativa uma série de sombras, gradientes e animações que consomem recursos e memória do computador, tornando consequentemente o Windows mais rápido!

Gerenciador de Tarefas do Windows

2. Desative a inicialização de programas desnecessários junto com o Windows. Clique com o botão direito do mouse na barra de tarefas e escolha GERENCIADOR DE TAREFAS no menu contextual. No gerenciador de tarefas clique na aba INICIALIZAR. Aqui são mostrados os aplicativos que são inicializados JUNTO com o Windows. Ocorre que a maioria deles inicia desnecessariamente, ou seja, os programas iniciam em um momento em que não serão utilizados. Um exempllo é o Adobe Reader, leitor de documentos PDF da Adobe. Quando este programa é instalado, por padrão ele irá iniciar junto com o Windows, e ficará rodando em segundo plano. Mas se o usuário não tem intenção de usar documentos PDF, esta inicialização do software junto com o Windows é completamente desnecessária, pois consome recursos e gera um impacto na inicialização do Windows, que fica muito mais demorada. O melhor a fazer é desabilitar os programas desnecessários na inicialização. Eles apenas não serão inicializados junto com o Windows, mas podem ser iniciados a qualquer momento em que sejam necessários. Para desabilitá-los, clique com o botão direito na coluna STATUS, na mesma linha do programa o qual se deseja desabilitar. Escolha DESABILITAR no menu contextual. Usualmente eu mantenho habilitados apenas o programa anti-virus e o firewall. Se preciso usar constantemente algum outro programa, eu o habilito temporariamente, e assim que termino a utilização, desabilito novamente.

Créditos: freepik

Veja também:

  • 1