e-democracia é participação ativa do cidadão!

É absolutamente incrível como, no momento em que escrevo este artigo (1/09/2016), há apenas 689 pessoas inscritas no canal EDEMOCRACIA CÂMARA DOS DEPUTADOS, no Youtube, após cinco anos de existência do canal! Em cinco anos, apenas este pequeno grupo se interessou em participar de um canal tão relevante para o país!

Tenho visto muitas pessoas marchando pelas ruas em protesto contra este ou aquele lado político, entretanto estas pessoas parecem se esquecer, ou não ter conhecimento, da existência de instrumentos online que possibilitam uma participação e interação jamais vista do cidadão com o meio político! O portal E-DEMOCRACIA, da Câmara dos Deputados, é um destes instrumentos. O site permite a qualquer pessoa acompanhar e participar dos debates e proposições em andamento na Câmara dos deputados. É possível inclusive sugerir projetos, ou alterações em projetos de lei existentes. A e-democracia, ou ciber-democracia - como também é conhecida - é um fenômeno mundial, possibilitado pelo avanço tecnológico dos últimos anos, e aponta para aquilo que vejo como solução para todos os problemas mundiais: a PARTICIPAÇÃO ATIVA DO CIDADÃO, de forma ordenada e pacífica - mas decisiva - nos acontecimentos políticos e sociais em seus países. Está claro que o modelo tradicional de eleger representantes e "deixar por conta deles" é um modelo fracassado, ineficiente e ilógico! Conforme a história demonstra, quando não há participação ativa do cidadão, os representantes eleitos irão atender os interesses, não da sociedade, mas do corporativismo e das elites dominantes, capazes de exercer forte pressão sobre o meio político graças ao seu poder financeiro.

Portal e-Democracia, da Câmara dos Deputados

O cidadão comum precisa, portanto, participar, sugerir, fiscalizar e influenciar os acontecimentos no meio político. Cidadãos e políticos devem caminhar juntos, e deve-se frisar que o personagem principal da história é o cidadão. Instrumentos como o portal e-Democracia devem, portanto, ser objeto de maior atenção da sociedade. Devem ser também mais divulgados, e aí vemos a importância de artigos como este, uma vez que a mídia tradicional não cumpre com o papel que lhe caberia, de trazer informações essenciais ao cidadão. O canal e-Democracia tem hoje 689 inscritos, enquanto canais de desenhos animados e outras tolices tem milhões de participantes! Em um contexto como este, fica evidenciada a relevante missão que a parcela esclarecida da população tem a desempenhar. Você é um esclarecido? Se a resposta é positiva, faça então a sua parte, participando de forma significativa nos acontecimentos políticos do seu país, e dando o exemplo para outros fazerem o mesmo.

Créditos: freepik

Veja também:

  • 1