Horta caseira

Você sabe qual o elemento mais precioso do planeta? Será o ouro, o diamante ou a esmeralda? Não, não é nenhum dos três. O elemento mais precioso do planeta chama-se TERRA! Na verdade, um punhado de terra na mão vale mais que todo o ouro ou todos os diamantes do planeta! Porque um punhado de terra vale mais que todo o ouro do planeta?

É porque um punhado de terra pode GERAR VIDA! Em países tropicais como o nosso Brasil, basta jogar uma semente de feijão em um punhado de terra, e logo florescerá uma planta magnífica, capaz de produzir alimentos, gratuitamente, por anos e anos! O homem, lamentavelmente, não tem dado à terra o valor que ela merece. Dê uma volta pelas ruas da sua cidade e veja o maior de todos os absurdos: casas, casas e mais casas; boa parte delas com grandes porções de terra, mas quase nenhuma HORTA! Certamente você verá muitos jardins, com a grama bem aparada, e flores e outras plantas decorativas, mas você verá muito poucos pés de alface ou de couve, pés de laranja, maçãs, cenoura, beterraba e batatas! Na verdade, nem muitos jardins você verá quando percorrer as ruas da sua cidade, pois na grande maioria dos casos, as áreas livres das casas estão cobertas por extensos pisos de cimento ou cerâmica. E a terra está ali embaixo, como se em um túmulo, impedida de ver o sol e fazer nascer suas plantas. Especialmente em um momento da história em que tanto se fala dos desastrosos efeitos causados pelos AGROTÓXICOS, que são os venenos lançados sobre as plantações agrícolas, é ainda maior o absurdo de não haver HORTAS nas casas de nosso país. Uma horta caseira produz os melhores frutos e verduras, pois pode ser cuidada de forma artesanal, SEM VENENOS, e com o carinho dos moradores. É uma produção muitas vezes mais saudável do que aquilo que se pode comprar nos supermercados hoje em dia. Mas uma população alienada, idiotizada e robotizada pelo sistema, prefere tapar a sua terra com pisos extensos, em vez de plantar pés de couve! Agir de forma diferente é uma tarefa para os ESCLARECIDOS somente! Quem é esclarecido o suficiente para entender o valor e a importância de se ter uma HORTA EM CASA, deve assim fazê-lo, e dar o exemplo para os vizinhos. A produção caseira de alimentos é da mais extrema importância também sob outros aspectos. Havendo produção caseira, REDUZ-SE A DEPENDÊNCIA de alimentos vindos dos grandes centros de produção. Reduz-se o TRÁFEGO DE CAMINHÕES nas estradas; reduz-se o consumo de combustíveis. Reduz-se também o PREÇO dos alimentos disponíveis nos supermercados, pois com menos dependência e consumo, a tendência é a queda nos preços. Reduz-se a quantidade de EMBALAGENS consumidas, e consequentemente REDUZ-SE a quantidade de LIXO gerado nas cidades. E AUMENTA-SE, de forma gigantesca, os níveis de SAÚDE daqueles que consomem alimentos caseiros, gerando assim menos despesas com os sistemas públicos de saúde (e as verbas públicas). Os benefícios de haver uma maior quantidade de hortas caseiras são incontáveis. É impressionante como este assunto é tão pouco falado, e praticamente nunca veiculado na mídia tradicional. Para que servem os canais de televisão aberta? Para muito pouco, ou NADA, para ser mais exato. Pois passam o dia inteiro exibindo desenhos animados, novelas e outras tolices, quando deveriam aproveitar este espaço para produzir programas que conscientizem a população quanto à importância da produção caseira de alimentos. Façamos a nossa parte! Se você é um ESCLARECIDO, eu lhe convido a fazer uma bela horta em sua residência. Se a área livre da sua casa está coberta por pisos, RETIRE-OS, e liberte a TERRA existente no seu espaço! Plante ali pés de couve, alface, tomate, beterraba, mandioca etc. DÊ O EXEMPLO, faça a sua parte. Pois logo, algum de seus vizinhos fará o mesmo, e depois outro, e depois outro mais.

Veja também:

  • 1